segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Carta ao Pai Natal - Importante


Querido Pai Natal,


Escrevo-te nesta altura em que já deves ter menos trabalho (sendo nórdico de certeza que não deixaste tudo para a última). Sabes que há anos que não peço nada em especial, ainda que me consigas surpreender sempre com um fantástico equilíbrio (dinheiro de um lado, pijama de cetim cor-de-rosa XXL do outro). Peço-te agora um presente muito especial. No fundo não é para mim, é para vários. Ou melhor, é para mim porque ficarei muito feliz se o puderes conceder a outro. Preciso da tua ajuda e da luz que ilumina o focinho do Rodolfo. Preciso que encontres uma solução para o meu tio e para aquele indesejado que assombra a sua vida. Sabes o que o meu tio disse? Que trocava as voltas a todos. Espero que sim, que troque as voltas ao usurpador de saúde. Também me disse que não era nada fácil. Eu sei que não é. E preciso, preciso mesmo de ajuda. Se não puderes fazer nada, já que não és cirurgião, dá prendas de Natal fantásticas a todos os médicos e equipas de cirurgia para que comecem 2009 super motivados, cheios de vontade de vencer e viver. Dá-lhes saúde, amor, sei lá. Eu tenho para dar e vender, mas isso não chega para salvar o meu tio... eu tenho esperança que consigas iluminar o caminho de alguém e que este possa ajudar, pelo menos, a que estejamos todos bem ainda que com a presença do abelhudo.


Já agora, continua a trazer a saudinha de ferro para os meus avós, exactamente como tens trazido. A receita tem sido fantástica, a minha avozinha tem ido abaixo de vez em quando mas recebe uns pozinhos de perlimpimpim e Upa Pedro, como ela diz, e recupera.


Pai Natal, não te esqueças de mim. Espero não ter chegado atrasada.


Beijinhos,

Ana Cristina Amil


P.S. Se precisares de mais algum dado tenho o messenger quase sempre ligado.

P.S.2 Se conseguires dar-me o que pedi, não me importo receber um pijama XXL de veludo com rendinhas de todas as cores do arco-íris e até o uso!

3 comentários:

Ana disse...

Junto a minha força ao teu pedido! Um beijo grande recheado de coisas doces! Ana C. D.

ASofia disse...

Eu estou a trabalhar pessoalmente com o Pai Natal! Vou chama-lo a atenção para o teu pedido!

filipe m. disse...

Ó meu, é para ouvir o que ela disse, ok?! Fixe.